PROPRIEDADES: O Ácido Lipóico é considerado um antioxidante essencial, isto é,  embora o corpo produza o seu próprio Ácido Lipóico ainda há necessidade de obtê-lo pela dieta. Por ser uma substância vital, como a melatonina, DHEA, estrogênio, coezima Q10, entre outras, com o envelhecimento o corpo perde a capacidade de produzir tais substâncias, restando apenas as fontes dietéticas como por exemplo as carnes vermelhas. Sua ação oxidante está  relacionada com  a sua capacidade de neutralizar a ação dos radicais livres, atuando como um cofator enzimático nos processos metabólicos celulares, entre eles a oxidação do piruvato e reposição do acetato. O Àcido Lipóico é prontamente transportado e reduzido a DHLA ( Dihidroliopato) nos tecidos e células fazendo com que as espécies reativas de  oxigênio  sejam retiradas, ocorrendo a regeneração do ascorbato pelo Dihidroascorbato, aumentando os níveis de glutationa e melhorando o aproveitamento das vitaminas C e E.

O Àcido Lipóico também atua no tratamento de algumas complicações do Diabetes, pois neste tipo de patologia ocorre uma reação de glicação e o açúcar do sangue reage diretamente e espontaneamente com proteínas como colágeno, encontrado na pele e tecido conjuntivo, proporcionando um aumento de açúcar no sangue e a  diminuição da produção de insulina ou alta resistência à insulina. Nesta situação o Àcido Lipóico atua reduzindo a glicação e as  complicações neurológicas do Diabetes. A ação varredora de radicais livres, torna o Àcido Lipóico indicado  para a prevenção de doenças cardiovasculares, pois protege o LDL-colesterol da ação dos radicais livres evitando-se a formação de depósito de gordura.