SELÊNIO Pode reduzir o risco de câncer na bexiga:

                       castanha      
                   
             
    A ingestão  diária de selênio através da dieta e suplementos, pode reduzir em 70% o risco de câncer de bexiga, sugere novo estudo da Bélgica.
Um estudo caso-controle foi realizado 178 casos e 362 controles, através da concentração de selênio nas amostras de soro dos participantes. O estudo revelou uma diminiução em 70% do risco de cancêr em pessoas com níveis de selênio maior que 96mcg/1, comparado com níveis de selênio no soro menores que 82,4mcg/1.
   A cada aumento de 10mcg/1 nos niveis de selênio de soro era associado a uma diminuição de 14% no risco  de câncer de bexiga, este tipo de câncer é diagnosticado em aproximadamente 336.000 pessoas no mundo todo, sendo que a probalidade é três vezes maior em afetar os homens do que as mulheres, de acordo com a Escola Européia de Cancerologia.


Fonte Internacional Journal of  Urology vol.13pp