Muita gente não sabe viver sem leite na geladeira. É uma bebida que acalma, faz bem e é ótima para a acidez no estômago, segundo dizem.Só que na verdade não é bem assim. Nos casos de acidez e azia, por exemplo, o que o leite faz é amenizar os sintomas por cerca de meia hora, como um "efeito tampão". Mas passado esse período, o leite dobra a produção de ácidos e os sintomas de dor e queimação pioram.

Apesar de ser considerado pela cultura ocidental um alimento perfeito e indispensável, o leite é um grande mito nutricional. É verdade que poucos alimentos tornaram-se tão práticos para o consumo como o leite de vaca, à venda em qualquer esquina,muitas vezes pronto para beber.Mas é verdade também que nunca tantas pessoas descobriram que o leite lhe traz mais prejuízos do que benefícios. São cada vez mais numerosos os pacientes com alergia ao leite e aos seus derivados.

Os equívocos começam a partir do momento em que adotamos um alimento que a natureza fez não para nós, mas para os bezerros. Ainda assim,decerto já prevendo que o alimento poderia ser útil aos humanos, a natureza dotou as crianças de uma enzima - a lactase - que é responsável pela digestão da lactose, um açúcar presente no leite de vaca.

Mas a medida que nos tornamos adultos, a presença de lactase no corpo vai diminuindo. Se o organismo não produz mais a lactase, é claro que não vai absorver bem a lactose. E quando a lactose não é bem absorvida, acaba provocando sintomas de desconforto,como gases, azia e má digestão. É a intolerância à lactose.

Muitas vezes as pessoas têm sintomas alérgicos menos comuns, como leves dores de cabeça, e não os associam a uma alergia alimentar. Enquanto isso, a permeabilidade intestinal vai aumentando e abrindo caminho para as toxinas e a formação de radicais livres. E a liberação da histamina, que é a substância responsável pelas reações alérgicas, está diretamente ligada à formação de radicais livres. Isso prova a participação deles em problemas relacionados com as alergias alimentar.

A Chave da Longevidade- Helion Póvoa.

Estudos recentes demonstram que o leite de vaca pode ser extremamente prejudicial a nossa saúde. A ingestão regular de leite tem sido associado a várias doenças.

-Infertilidade,impotência, artrite,enxaqueca, dores nas costas,esclerose  multipla,acne,doenças cardíacas,alergias,asma,câncer de prostata,câncer de ovário e mama,obesidade,doença de Parkinson,diabetes juvenil,osteoporose  e esquizofrenia.

1- A lactose (açúcar do leite) dese ver quebrada em dois outros tipos de açúcares (glicose e galactose) para serem absorvidas, quem faz esse quebra é a lactase,enzima que o corpo produz.Porém essa enzima é produzida até os 4-5 anos de idade.

2- A biodisponibiliade de cálcio do leite  de 32%

O cálcio esta diretamente relacionado a quantidade de proteina animal que ingerimos. Quanto mais proteina mais eliminamos o cálcio pela urina.

Os paises do mundo onde há uma maior incidência de osteoporose (enfraquecimento dos ossos por falta de cálcio) são precisamente aqueles onde existe um maior consumo de leite.

2.1 China,Japão,Vietnan e Tailândia  tem as mais baixas taxas de osteoporose e fraturas no mundo.

Hegsted, M.Fractures,Calcium and Modern Diet. AJCN 7 (2001)

2.2 Os maiores consumidores de leite do mundo, Austrália,Nova Zelândia,América do Norte,Oeste  Europeu tem a maior incidência  de osteoporose e fraturas ósseas.

Fesranich,D..Et Al. Milu,Dietary Calcium And Bone Fractures In Women: A 12-Year Propecture Study.

2.3 1 copo de leite a cada 4 horas para tratamento de úlcera gástrica aumenta 6 vezes o risco de  IAM nesse grupo

Circulation (1960)

A resposta para a osteoporose está em engierir menos proteína, pegar 20 minutos de sol sem protetor solar para aumentar a vitamina D, e não aumentar a ingesta  maciça de cálcio.

Até agora já foram isolados mais de 50  hormônios no leite

- Percloratos (afetam a tireóide)

- Pesticidas

- Antibióticos

- Metais tóxicos.

Quem toma dois ou mais copos de leite de vaca ao dia tem um aumento de 66% no risco de desenvolver câncer de ovário.

Medical News, May 5,2000

Na infância:

Infecção de ouvido,ezema,cólica,constipação,colite,diabtes tipo I,obesidade e deficit de aprendizado.

Leite de vaca causa perda intestinal de sangue ,alergias,indigestão e contribui para alguns casos de diabetes juvenil.

Spock's Baby And Child Care  New York: Pochet 1998.

Quanto maior o consumo de leite maior a incidência de diabetes.

Pozzili-Beta Casein In Cowis Milk

Journal de Endocrinological Investigation 22 1999.