Xenoestrogênios (um risco à sua saúde)


São substâncias químicas tóxicas produzidas pelo homem que confudem os receptores celulares dos estrogênios no organismo,interferindo nas mensagens bioquímicas naturais.

Podem ser compostos tipo estrogênios ou terem a habilidade de mimetizar ou bloquear a atividade dos hormônios naturais.

Podem também alterar a forma como os hormônios e seus receptores protéicos são elaborados,metabolizados e a forma de sua atuação. Pesquisas profundas revelam uma situação alarmante gerada pela dispersão planetária destes mimetizadores hormonais.

Em razão de se degradarem tão lentamente,espalharam-se por todo o planeta tanto pelo ar como pelas àguas,passando a integrar os tecidos vivos.Atualmente contaminam todos os ecossistemas e os organismos vivos.Continuarão assim por décadas e décadas. Dificilmente excretadas,são lipossolúveis,acumulando-se nos tecidos gordurosos,no cérebro,no aparelho reprodutor e outros órgãos.

Alterando as funções principais dos estrogênios e androgênios,podem desencadear uma torrente de excepcionalidades na sáude da reprodução e do desenvolvimento.A queda de 50% no número de espermatozóides humanos,globalmente,entre os anos de 1938 e 1990,além das alterações no comportamento sexual,depressão imunológica,deformidades genitais,cânceres de mama,ovários,útero,de próstata e testicular além de desordens neurológicas.

A doença fibrocística da mama, a síndrome policística ovariana,endometriose,fibroadenomas uterinos e doenças inflamatórias pélvicas também  estão sob  suspeita. Estes problemas podem ser influenciados pelas exposições,crônicas ou de desenvolvimento,através do ciclo de vida a essas substâncias.

Os xenoestrogênios são na maioria das vezes gerados pela indústria petroquímica e,desafortunamente para nossa saúde,os produtos petroquímicos estão,hoje em dia, por todos os lugares deste planeta. Máquinas dos mimetizadores hormonais são organoclorados produzidos pela reação do gás cloro com hidrocarbonetos do petróleo. São utilizadas em  plásticos, agrotóxicos,solventes,agentes de branqueamento (para roupas e outras),refrigerações e em outros produtos químicos.Milhares são subprodutos do tratamento de água,do branqueamento do papel e da incineração de produtos clorados.

Milhões de produtos,incluindo vários plásticos (polivinil cloreto/PVC e policarbonatos/PC,ambos encontrados em mamadeiras(O plastificante,enrijecedor plástico,bisfenol-A,encontrado no policarbonato de mamadeiras infantis,foi identificado em um relatório do governo dos EUA de 1997,como um disruptor endócrino químico que se libera,incontestavelmente, da resina polocarbonato para o líquido quando aquecido),brinquedos infantis,filmes transparentes para embalar alimentos e garrafas de àgua mineral), PCB (policloretos bifenilos), medicamentos,roupas,alimentos,alvejantes domésticos,desodorizantes de ar,produtos de higiene pessoal (cosméticos,perfumes,antiperspirantes,sabonetes,pastas dentifricias e higienizadores bucais), agrotóxicos e herbecidas (como DDT, dieldrin,aldrin,hepacloro,etc.) também contém ou são feitos dos petroquímicos. Muitos de nós trabalhamos ou vivemos em áreas altamente contaminadas onde os efeitos sinérvicos podem apresentar doses "seguras" (aceitáveis) de diferentes substâncias químicas, medicamentos, radiações, frequências eletromagnéticas e outras, e que são milhares de vezes mais tóxicas quando estão juntas.